FÓRMULA QUALI-QUANTITATIVA

Cada 100mL contém:

Prednisolona (Acetato) …..   0,20g
Lidocaína (Cloridrato) …..   1,00g
Dimetilsulfóxido …..   88,00mL
Água destilada q.s.p. …..   100,00mL

INDICAÇÃO

Para todas espécies animais cujos produtos não sejam destinados ao consumo humano no combate aos estados dolorosos às manifestações inflamatórias de origem imune e não imune.

Aparelho locomotor: artrites, bursites, contusões, estiramentos, luxações, miosites traumáticas e eosinofílica, nevrites, reumatismos, tendinites, osteoartrites e osteites.

Aparelho circulatório: edemas.


DOSES E MODO DE USAR

Aplica-se cuidadosamente com a mão, protegida por luva plástica, ou pincel de cerdas macias, uma camada não muito espessa de Ekyflogyl sobre a área afetada, duas a três vezes ao dia. Recomenda-se aplicar um curativo oclusivo com gaze ou tecido levemente umedecido com o próprio produto. Enfaixar com atadura crepe e prender aos bordas com esparadrapo.

Os curativos oclusivos aumentam a absorção percutânea de corticosteróides e concentam o medicamento nas áreas onde é mais necessária. Continuar o tratamento até a cura, desde que não seja prolongado por mais de 12 dias.


PRECAUÇÕES

Evitar o contato do produto com os olhos e as mucosas. Após uso, lavar as mãos com água e sabão.


CONTRAINDICAÇÃO

Deve-se evitar o uso de preparações com corticosteroides nos quadros infecciosos agudos, especialmente em curativos oclusivos, face suas ações imunossupressoras.

Quando utilizados em quadros infecciosos não agudos, deve-se associar o tratamento a antibióticos bactericidas em detrimento dos bacteriostáticos. Em geral os corticosteroides são contraindicados nas infecções virais e no final da prenhez, quando podem induzir o parto. O produto é contraindicado para felinos (gatos).

O DMSO possui potencial teratogênico, não sendo recomendado seu uso nos 3 primeiros meses de prenhez.


PERÍODO DE CARÊNCIA

Este produto não deve ser aplicado em equinos destinados ao abate para o consumo humano.

EKYFLOGYL - Marcolab

EKYFLOGYL - Marcolab

FÓRMULA QUALI-QUANTITATIVA

Cada 100mL contém:

Prednisolona (Acetato) …..   0,20g
Lidocaína (Cloridrato) …..   1,00g
Dimetilsulfóxido …..   88,00mL
Água destilada q.s.p. …..   100,00mL

INDICAÇÃO

Para todas espécies animais cujos produtos não sejam destinados ao consumo humano no combate aos estados dolorosos às manifestações inflamatórias de origem imune e não imune.

Aparelho locomotor: artrites, bursites, contusões, estiramentos, luxações, miosites traumáticas e eosinofílica, nevrites, reumatismos, tendinites, osteoartrites e osteites.

Aparelho circulatório: edemas.


DOSES E MODO DE USAR

Aplica-se cuidadosamente com a mão, protegida por luva plástica, ou pincel de cerdas macias, uma camada não muito espessa de Ekyflogyl sobre a área afetada, duas a três vezes ao dia. Recomenda-se aplicar um curativo oclusivo com gaze ou tecido levemente umedecido com o próprio produto. Enfaixar com atadura crepe e prender aos bordas com esparadrapo.

Os curativos oclusivos aumentam a absorção percutânea de corticosteróides e concentam o medicamento nas áreas onde é mais necessária. Continuar o tratamento até a cura, desde que não seja prolongado por mais de 12 dias.


PRECAUÇÕES

Evitar o contato do produto com os olhos e as mucosas. Após uso, lavar as mãos com água e sabão.


CONTRAINDICAÇÃO

Deve-se evitar o uso de preparações com corticosteroides nos quadros infecciosos agudos, especialmente em curativos oclusivos, face suas ações imunossupressoras.

Quando utilizados em quadros infecciosos não agudos, deve-se associar o tratamento a antibióticos bactericidas em detrimento dos bacteriostáticos. Em geral os corticosteroides são contraindicados nas infecções virais e no final da prenhez, quando podem induzir o parto. O produto é contraindicado para felinos (gatos).

O DMSO possui potencial teratogênico, não sendo recomendado seu uso nos 3 primeiros meses de prenhez.


PERÍODO DE CARÊNCIA

Este produto não deve ser aplicado em equinos destinados ao abate para o consumo humano.